Skip to main content

Como Identifiquei as Causas da Depressão, Tratei e Me Curei!

Se você tem constante tensão ou nervosismo, sensação de que algo ruim vai acontecer, problemas de concentração, medo constante, descontrole sobre os pensamentos e principalmente, dificuldade em esquecer o objeto de tensão, você pode estar com as principais causas da depressão em andamento e nem se deu conta disto ainda!

Muito prazer, me chamo Nina e este não é meu nome verdadeiro!

Como a grande maioria dos Brasileiros(as), eu tenho vergonha de me identificar para não me machucar ou até atrapalhar minha vida pessoal pois, pasme, sou estudante de medicina e tive depressão!!

Identificar as causas da minha depressão foi essencial para o início do meu tratamento e você não precisa ser um médico ou estudante de medicina para descobrir estas causas.

Se você tem a sensação de que algo ruim vai acontecer a todo instante, angústias, ansiedade excessiva por exemplo, é hora de ligar o alerta e buscar ajuda o mais rápido possível!

Neste nosso bate-papo sobre as causas da depressão, vou te passar uma dica de tratamento que meu professor na faculdade de medicina me indicou.

Deu tão certo que hoje levo uma vida normal, conseguindo estudar, trabalhar e principalmente ser mais feliz e positiva.

Como forma de gratidão, fiz este site, porque sei o quanto é difícil vencer este mal do século chamado Depressão.

Fica comigo até o final tá bom?

Quando Identifiquei as Causas da Minha Depressão Me DESESPEREI

Preocupação exagerada com a realidade a minha volta, problemas para dormir e irritabilidade, dor ou aperto no peito, aumento das batidas do coração, respiração ofegante e as vezes falta de ar.

Sensação de fraqueza ou cansaço, tensão muscular, sensação de nervosismo, pânico, sensação de morte, aumento da respiração, aumento da frequência cardíaca.

Foi a partir destes sintomas que decidi procurar ajuda, pois já estava atrapalhando o meu dia a dia

E ainda existem pessoas que acham que tudo isso é normal ou frescura!

Como estou sempre cercada de médicos na faculdade, um deles me deu o sinal de alerta numa conversa informal.

Leia também:

Se você tem alguns destes sintomas de forma exagerada, cuidado. Você esta correndo sérios riscos.

O mais comum é a irritabilidade. Uma coisa leva a outra, veja:

Irritabilidade leva a dor, ou aperto no peito, que gera aumento dos batimentos cardíacos, que gera respiração ofegante e falta de ar e por consequência vem a sensação de morte.

Isso acontecendo repetidas vezes de tempos em tempos e eu achando tudo normal.

Causas Mais Comuns da Depressão

  • Eventos estressantes do dia a dia;
  • Baixa Autoestima;
  • Desânimo persistente;
  • Frases pessimistas;
  • Alteração de apetite e sono;
  • Ser incapaz de se divertir;
  • Reclamar constantemente de tudo e todos;
  • Alterações hormonais durante a gravidez;
  • Pós Parto;
  • Perda de um ente querido na família (luto);
  • Relacionamentos mal resolvidos (não só os amorosos);
  • Estresse Prolongado;
  • Ser excessivamente crítico;
  • Tristeza sem motivo aparente e prolongada;
  • Pós operatórios;
  • Traumas de infância;
  • Não superar e ficar preso ao passado;
  • Não perdoar;
  • Auto medicação (casos de efeitos colaterais);
  • Rancor;
  • Acúmulo de sentimentos e trabalho;
  • Ansiedade excessiva;
  • Perda ou aumento de peso;
  • Vontade de morrer;
  • Falta de motivação recorrente;
  • Cansaço excessivo e recorrente;

Fatores de Risco

Eventos Específicos: Eventos negativos, como ficar desempregado, divorciar-se ou se aposentar, podem ser prejudiciais. Porém, até mesmo eventos positivos, como começar um novo emprego, formar-se ou se casar, podem ocasionar a depressão. Entretanto, é importante reiterar que a depressão não é apenas uma simples resposta frente a momentos estressantes do cotidiano, mas algo mais persistente.

Medicações específicas: Alguns elementos químicos, como a Isotretinoína (usada para tratar a acne), o antiviral interferon alfa, e o uso de corticóides, podem aumentar o risco de desenvolver depressão.

Predisposição: A depressão em alguém que já tem predisposição genética para a doença, pode ser resultado de conflitos pessoais ou disputas com membros da família e amigos.

Morte ou perda: A tristeza ou luto proveniente da morte ou perda de uma pessoa amada, por mais natural que seja, pode aumentar os riscos de desenvolver depressão,

Genética: Um histórico familiar de depressão pode aumentar as chances de desenvolver a doença. Contudo, é de conhecimento científico que a depressão é complexa, o que significa que pode haver diversos genes que exercem pequenos efeitos para o surgimento da doença, ao invés de um único gene que contribui para o quadro clínico.

Abuso: Sofrer abuso físico, sexual ou emocional pode aumentar a vulnerabilidade psicológica, agravando as chances de desenvolver a depressão.

Você Tem Tido Um ou Mais Sintomas Como Estes? NÃO Se Desespere! Se Eu Me Curei Você Também Pode!

Como prometido, eu não poderia ir embora sem dar a dica que me curou da depressão. Sim, cura da depressão!

Quem esta falando é uma estudante de medicina que vive cercada de profissionais da saúde e esta totalmente curada.

Com este tratamento, o prognóstico é realmente muito bom e pode, sim, afastar você da depressão.

Mas espere: depressão é mais comum do que você imagina e afeta não só pessoas anônimas como eu e você, mas também famosos

13 Famosos Brasileiros e Internacionais que tiveram Depressão e Você não Sabia

Algumas celebridades, de cantores a apresentadores, abriram o jogo com o público e comentaram sobre suas relações com a depressão.

Depressão não faz distinção de quem vai atingir, seja você famoso ou não, todos correm o risco de ter a doença, cujo tratamento não é caro!

Mas uma coisa é certa entre os famosos:

Todos eles são unânimes em afirmar que não desejariam a depressão nem para o seu pior inimigo e que seriam capazes de dar toda a sua fortuna para se verem livres da doença.

Famosos Brasileiros que Tiveram Depressão

1 – Fernanda Lima, apresentadora

A atriz e apresentadora Fernanda Lima conta que teve depressão ao protagonizar a novela “Bang Bang” (2005-2006). Ela afirma que seu episódio depressivo foi ocasionado, principalmente, pelas duras críticas que recebia na época, quando estava em período de experiência. Após ter diversos momentos de tristeza profunda, ela encontrou no yoga uma saída para escapar da depressão.

2 – Ricardo Boechat, jornalista

O jornalista e ex-âncora de televisão Ricardo Boechat relevou que foi diagnosticado com depressão após sofrer um colapso minutos antes de entrar no ar. Ele contou que tentava abraçar mais afazeres do que realmente podia dar conta, o que o causou um surto depressivo. “a depressão é como um abismo mental e que necessita de ajuda para ser superada.”

3 – Zizi Possi, cantora

Famosa por cantar “Asa Morena”, Zizi Possi lidou com a depressão por mais de 13 anos, entre 2001 e 2014. De acordo com a cantora, a depressão causa a sensação de estar em uma caverna sozinha e sem eco. Para vencer a doença, ela fez tratamento psicológico e aderiu à jardinagem e à arte como novos hobbies.

4 – Selton Mello, ator

Premiado ator brasileiro, Selton Mello, conhecido por interpretar Chicó no filme “O Auto da Compadecida”, sofreu com depressão após interromper o uso de medicamentos para emagrecer. O ator passou a pesar mais de 100 kg e até pensou em abandonar a carreira. Segundo ele, sua autoestima caiu a níveis drásticos e ele se sentia “vivendo no inferno”. Selton se recuperou principalmente por meio de exercícios físicos, que o ajudaram a manter o corpo e a mente saudáveis.

5 – Padre Marcelo Rossi

O padre anunciou que tinha preconceito com a depressão, vendo-a como “frescura” e não como doença séria. Seu pensamento só mudou após desenvolver a doença. Ele somente percebeu a doença quando o Papa Francisco o visitou e Marcelo Rossi não cantou para ele, como habitualmente faria.

6 – Paula Fernandes, cantora

A sertaneja Paula Fernandes foi diagnosticada com depressão aos 20 anos devido ao excesso de importância que dava à sua carreira desde cedo. Segundo a cantora, a fama a fez pensar como se fosse um produto, que deveria estar sempre em alta na mídia. Com a depressão, teve constantes quedas de cabelo, perda de peso e pensamentos suicidas. Paula Fernandes passou três anos tratando a doença com terapia e medicamentos.

7 – Cantora Anitta

A cantora Anitta contou que teve crises de depressão durante as gravações de uma série sobre sua carreira. Ela revelou que ficou quatro meses sem conseguir ver uma câmera por perto, o que adiou seu projeto; e que não foi a primeira vez que teve um episódio depressivo.

 

 

Para mais informações sobre o combate e cura de depressão, BAIXE GRÁTIS UM LIVRO DIGITAL PARA LER NO CELULAR OU COMPUTADOR clique aqui

 

 

 

8 – Whindersson Nunes, humorista

O youtuber e humorista Whindersson Nunes surpreendeu os internautas ao publicar um relato sobre sua depressão nas redes sociais. Fãs ficaram boquiabertos devido à imagem de Whindersson estar associada a piadas, alegria e risadas. Porém, a depressão pode afetar a todos. O humorista comentou não sentir mais vontade de viver como antes e que busca ajuda na psicoterapia.

9 – Padre Fabio de Melo

O padre Fabio de Melo revelou em suas redes sociais que sofre de depressão e que “há muita ignorância no trato com pessoas depressivas”. Em 2017, Fabio anunciou ter síndrome do pânico e depressão, afirmando que essas doenças lhe causaram o pior momento de sua vida. Ele diz ainda que confundimos tristeza com depressão, sendo que a depressão é algo estendido e extremamente prejudicial.

10 – Adriana Esteves, atriz

Famosa por interpretar a vilã Carminha na novela “Avenida Brasil“, Adriana Esteves enfrentou a depressão aos 23 anos após se separar e ganhar exposição na mídia por suas atuações na televisão. A atriz comentou que se sentia perdida e temia a morte, pois não conseguia comer, sair da cama ou tomar banho. Após superar a doença, ela sente como se “tivesse ressuscitado”.

Famosos Internacionais que Tiveram Depressão

11 – Adele, cantora

Entre os famosos internacionais, a premiada cantora Adele foi também uma das vítimas da depressão. Ela fez psicoterapia quando jovem após a morte de seu avô e a doença se repetiu, tendo depressão pós-parto. Sobre a depressão pós-parto, a cantora comenta que era tão obcecada pelo filho que tinha medo de machucá-lo. Portanto, se sentia incapaz de cuidar dele.

12 – Jim Carrey, ator americano

Conhecido por seus papéis em filmes de comédia, Jim Carrey sofreu de depressão e até mesmo lançou um vídeo sobre como a arte o ajuda a tratar a doença (“Jim Carrey: I Needed Color”). O ator ficou em depressão por mais de seis anos e encontrou no ato de pintar telas em tinta, um meio de não se afogar em tristeza.

13 – Robin Williams, ator americano

O astro do cinema e vencedor de Oscar cometeu suicídio em 2014, após uma depressão severa. Conhecido por atuações em filmes como “Uma Babá Quase Perfeita” e “Gênio Indomável”, o ator teve, devido à depressão, dificuldades para superar o segundo divórcio, problemas com drogas ilícitas e álcool. Biografias sobre Robin Williams revelam que ele teve Parkinson, o que o fez perder peso, reduzir sua capacidade motora e afetar sua memória. Este último aspecto o deixava ainda mais frustrado, pois não conseguia decorar falas de seus personagens.

Me Permita Agora Ajudar Você a Construir Uma Nova História Livre da Depressão Hoje!

Depois de ter lhe mostrado que as causas da depressão pode afetar qualquer pessoa, inclusive os famosos, preciso te falar o que realmente me ajudou a vencer a doença.

Quando o professor me falou desse método inovador, perguntei logo se era caro o tratamento, porque se fosse, ao invés de me curar, ficaria ainda mais triste rsrsrs

No final, deu tudo certo, dividi o valor no cartão de crédito em 12x e não ficou tão puxado pra mim que sou estudante.

E o melhor de tudo é que, o tratamento funciona muito bem, porque gera mudanças duradouras na vida do paciente, como: fim das crises de ansiedade, angústias e os outros sintomas relacionados.

Se você tem percebido alguns destes sintomas de depressão vistos aqui em nosso bate-papo clique aqui agora

Se Você Já Não Aguenta Mais a Tristeza Causada pela Depressão e Quer Simplesmente Ser Feliz, A Hora é Agora!

Essa foi a forma que encontrei de fazer a minha parte, enquanto estudante de medicina, para ajudar você e outras pessoas a fazerem um tratamento que funciona e é extremamente eficaz.

Vou ficando por aqui! Bjs

Ps:. Não esqueça de fazer também a sua parte compartilhando este site para ajudar quem precisa a se curar da depressão. Os futuros leitores agradecem. Obrigada!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *